Notícias

Letras com pipoca

Filme Sementes podres é abordado em evento voltado para os alunos de Letras


Recentemente, os alunos do curso de Letras do Centro Universitário Barão de Mauá assistiram ao filme Sementes Podres e, em seguida, participaram de debate conduzido pela professora convidada Deborah Cabral. A exibição aconteceu em sala de aula e contou com distribuição de pipoca e refrigerante aos presentes.

Inserir os alunos no contexto de produção cinematográfica por meio da exibição de filme, seguido de discussão, possibilitando a familiarização com o processo de análise de vários tipos de linguagem é um dos objetivos principais do evento, observa André Alselmi, coordenador do curso de Letras da Barão de Mauá.

Para ele, a atividade contribui para a formação dos estudantes. “A participação nessas atividades contribui para o desenvolvimento da capacidade de análise crítica, colocando o aluno em contato com vários tipos de semiose, dentre eles a interpretação e compreensão dos diversos tipos de linguagem utilizados na comunicação humana”, destaca André.

O filme conta a história Waël, que vive nos arredores de Paris dando pequenos golpes com Monique, uma mulher aposentada que tem sua vida transformada quando um amigo, Victor, oferece a Waël, por insistência de Monique, um pequeno trabalho voluntário no centro de crianças excluídas do sistema escolar. Waël se encontra gradualmente responsável por um grupo de seis adolescentes expulsos por indisciplina escolar. “O filme explora diferentes tipos de linguagem, além de apresentar, em uma narrativa bem humorada, diferentes formas de lidar com problemas cotidianos”, afirma a palestrante Deborah.



Galeria




Jornalistas:

Rogéria Gamba - MTB 52.808
rogeriacg@baraodemaua.br

Lays Schiavinatto - MTB: 76.163
lays.nascimento@baraodemaua.br

Contato Assessoria de Imprensa:

16 3968-3890

Compartilhe esta notícia

Voltar